33% OFF
O Sentido de Ordem
  • O Sentido de Ordem
Baixar amostra grátis

Informações Técnicas - Impresso

Formato: 20,5x26,3
Páginas: 424
ISBN: 9788540701717
Ano: 2012

Referência

GOMBRICH, E. H. O sentido de ordem: um estudo sobre a psicologia da arte decorativa. Porto Alegre: Bookman, 2012. 424 p.

Material Complementar

Confira mais informações sobre a obra nos links abaixo

Solicitar livro para avaliação

O Sentido de Ordem

Edição: 1

Autor(es): Ernst Hans Gombrich , Consulta Rápida , Regis Schander Ferrelli

Bookman

33% OFF
De R$ 149,00Por R$ 104,30 até 5x de R$ 20,86 no cartão (sem juros) Ou 5x de R$ 20,86 R$ 99,08 no boleto ( 5% de desconto ) ou à vista por R$ 99,08 com 5% de desconto no boleto
Adicionando ao carrinho.
Clique aqui caso você não seja redirecionado.

Resumo

Em O Sentido de Ordem, E. H. Gombrich volta-se a um tema que o fascinou desde a juventude – a história, a teoria e a psicologia da arte decorativa. O impulso humano universal de buscar ordem e ritmo no espaço e no tempo pode ser encontrado em uma imensa variedade de atividades: em brincadeiras de crianças, na poesia, na dança, na música, na arquitetura – bem como na arte. Considerado pelo próprio autor o seu trabalho mais original, este livro apresenta uma análise rigorosa desse traço humano fundamental e fascinante, tendo em vista a nossa herança biológica.As obras-primas do artesanato decorativo de inúmeras culturas são vistas como manifestações da nossa tendência de procurar um sentido de ordem. Escrevendo com lucidez, profundidade de conhecimento e amplitude de interesses, Gombrich aborda os mais fundamentais problemas de estética e revoluciona a nossa percepção da arte – e, consequentemente, a nossa percepção de nós mesmos. Leitura essencial, este livro é tão acessível quanto sofisticado, e tão envolvente quanto idiossincrático.

Sumário

Prefácio

Introdução - Ordem e propósito na natureza
1 Ordem e orientação
2 A teoria da Gestalt
3 Os padrões da natureza
4 Ordens feitas pelo homem
5 A geometria da montagem
6 Monotonia e variedade
7 Ordem e movimento
8 Jogo e arte

Primeira parte: Decoração: teoria e prática
I - Questões de gosto
1 O aspecto moral
2 Simplicidade clássica
3 Polêmicas em torno do rococó
4 Design e moda

II - O ornamento como arte
1 A ameaça da máquina
2 Pugin e a reforma do design
3 John Ruskin e o expressionismo
4 Gottfried Semper e o estudo da função
5 Owen Jones e o estudo da forma
6 Os japoneses
7 O novo status do design
8 Adolf Loos: “Ornamento e crime”
9 Ornamento versus abstração

III - O desafio das restrições
1 Realidades da criação de padrões
2 O domínio do material
3 Leis e ordens
4 Os limites da percepção
5 Instrumentos e amostras


Segunda parte: A percepção da ordem
IV - A economia da visão
1 Variedades de visão
2 O foco seletivo
3 Perda de definição
4 Testemunhos da arte
5 Informação visual
6 Expectativa e extrapolação
7 O provável e o surpreendente
8 Interrupções como acentos
9 Ordem e sobrevivência
10 Percepção global

V - Rumo a uma análise dos efeitos
1 As limitações da estética
2 Inquietação e repouso
3 Equilíbrio e instabilidade
4 Ondas e vórtices
5 Da forma ao significado
6 Cor
7 Representação
8 Forma e propósito

VI - Formas e coisas
1 O caleidoscópio
2 Repetição e significado
3 “Campos de força”
4 Projeção e animação
5 Decoração 6 Modificando o corpo


Terceira parte: Psicologia e história
VII - A força do hábito
1 Percepção e hábito
2 Mimetismo e metáfora
3 A linguagem da arquitetura
4 A etimologia dos motivos
5 Invenção ou descoberta?

VIII - A psicologia dos estilos
1 A teoria perceptual do estilo de Riegl
2 A onipresença do estilo
3 Heinrich Wölfflin
4 Focillon e a “Vida das formas”
5 “Pureza” e “Decadência”
6 A lógica das situações
7 O rococó: espírito e movimento

IX - Designs como signos
1 Motivos e significados
2 Marcas de distinção
3 Simbolismo heráldico
4 Símbolo e engaste
5 A tranformação do floreio
6 O potencial simbólico
7 O sinal da cruz

X - À beira do caos
1 Uma zona de permissividade
2 Feitiços protetores
3 “Uma grande força do dragão”
4 A máscara elusiva
5 A migração dos monstros
6 Demônios domesticados
7 O revival do grotesco
8 A dissolução da forma


Epílogo - Algumas analogias musicais
1 As reivindicações da música
2 A rivalidade das artes
3 Canto e dança
4 Natureza e artifício
5 Forma, rima e razão
6 Efeitos elementares
7 Dos campos de força aos mundos do som
8 Novos meios


Notas
Lâminas
Títulos completos dos livros citados de forma abreviada
Lista de ilustrações
Índice

Equipe

Tradução: Daniela Pinheiro Machado Kern, doutora em Letras pela PUC-RS e em Artes Visuais pela UFRGS. Professora do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais e do Departamento de Artes Visuais do Instituto de Artes da UFRGS.

0 avaliações

Avalie e comente
Faça sua avaliação
Seja o primeiro a avaliar este produto