5% OFF
Filosofia Francesa
  • Filosofia Francesa
Baixar amostra grátis

Informações Técnicas

Formato: 23,0x16,0
Páginas: 312
Ano: 2008
TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE NOSSOS EBOOKS

Referência

CUSSET, F. Filosofia francesa: a influência de Foucault, Derrida, Deleuze & cia. Porto Alegre: Artmed, 2008. 312 p.

Material Complementar

Confira mais informações sobre a obra nos links abaixo

Solicitar livro para avaliação

Filosofia Francesa

Edição: 1

Autor(es): François Cusset , A influência de Foucault, Derrida, Deleuze & cia.

Penso

5% OFF
Por R$ 113,00 até 5x de R$ 22,60 no cartão (sem juros) Ou 5x de R$ 22,60 R$ 107,35 no boleto ( 5% de desconto ) ou à vista por R$ 107,35 com 5% de desconto no boleto
Adicionando ao carrinho.
Clique aqui caso você não seja redirecionado.

Resumo

Baudrillard inspirando a ficção científica, Deleuze e Guattari os pioneiros da internet, Foucault influenciando as lutas comunitárias e Derrida permeando toda a teoria literária: depois de ter cruzado em Nova York com a contracultura dos anos de 1970, as obras dos filósofos franceses do pós-estruturalismo entraram nos departamentos de literatura das universidades americanas, onde alteraram internamente todo o campo intelectual. 'Trata-se, pode-se dizer sem rodeios, de uma obra forte, impulsionada por um verdadeiro fôlego.' Libération 'Um livro notável, entre outras qualidades, por sua solidariedade com o seu assunto. [...] Uma feliz prodigalidade, repleta de coisas que tinham de ser ditas.' The Times

Sumário

Introdução.
O efeito Sokal

I. A INVENÇÃO DE UM CORPUS

1. Pré-historias
Do exílio à exportação
Antecedentes transatlânticos
A invenção do pós-estruturalismo (1966)

2. O enclave universitário
Mundos à parte
Gentlemen e cultos
A excelência e o mercado
New Criticism e o modernismo literário

3. A virada dos "seventis"
Da militância à existência
Revistofagia eclética
Contracultura: um encontro fracasso?
A aventura de Semiotext(e)

4. Literatura e teoria
Conflito e faculdades: a vitória da narrativa
Citar distorcendo
Resistências: da história à filosofia
Theory, uma educaçãi crítica

5. Os canteiros da descontrução
Leitura, o desafio derridiano
O quarteto de Yale
Escapadas e estratagemas
Suplemento: o efeito Derrida

II. O USOS DA TEORIA

6. Políticas identitárias
O triunfo dos cult studs
Etnicidade, pós-colonialidade, subalternidade
Questóes de gênero
Política teórica, aliança difícil
New Historicism: os limites de um compromisso

7. A contra-ofensiva ideológica
A querela do cânone
Os equívocos do PC
Um debate nacional
A cruzada neoconservadora
Rumo a uma esquerda pós-política?

8. Stars de campus

Judith Butler e a performance
Gayatru Spivak e a intotalidade
Stanley Fish e a instituição
Edward Said e a crítica
Richard Rorty e a conversação
Frederic Jameson e a questão pós-moderna

9. Estudantes e usuários

Os jogos da parataxe
Blidungstheorie contra leitura legítima
Aumento do mundo e privatização dos saberes

10. Práticas artísticas

Entre a obra e o mercado
O qüiproquó simulacionista
Arquiteturas imateriais

11. Maquinações teóricas

Zona de autonomia temporária
Cyborg, discos, objetos encontrados
Pop: circulação aleatória


II. IDAS E VINDAS

12. A teoria-norma: uma influência prolongada

Ritournelle do declínio
A persistência culturalista
De Foucault a Barthes: o leque de paradoxos

13. A teoria-mundo: uma herança planetária

A América e seus outros
Impactos longíncuos, efeitos diretos
As fontes alemãs

14. E enquanto isso na França...

O humanismo isolado ou ressurgimento dos grandes conceitos
O lento retorno do recalcado
Ciência pura e razão de Estado

0 avaliações

Avalie e comente
Faça sua avaliação
Seja o primeiro a avaliar este produto